Um caso de amor.

Comigo mesma!

Sim vc entendeu, Eu, Mafê, estou tendo um caso de amor comigo mesma.

Não, não sou “beepowlar”, pode ser que eu esteja….

Depois da crise da semana passada, estou a alguns dias do meu niver, o tal inferno passou, tá ficando paraíso…ah sei lá porque, nem perguntem…

Só sei que eu to feliz, comigo, myself and eu. Estou vendo os resultados da ginástica, estou segura da minha maturidade no corpo que eu, faz pouco, me acostumei, estou segura da minha face, das minhas poucas marcas de expressão, da minha integridade, da minha moral, da minha postura, de mim como um todo,(que estranho…).

Passei um tempo meio fechada com os poucos amigos, hoje tenho me exposto mais, conhecido mais gente e consequentemente ando colecionando afetos, puxa tenho recebido elogios à minha pessoa!!! Isto é fantástico, GOSTOSO PRA CARAMBA!!! Sabem o que mais, isto vem acontecendo por conta do maluco mundo virtal, por conta do twitter e por conta do que escrevo, aqui, tem coisa melhor do que ser elogiada por simplesmente dizer o que pensa com sinceridade???!!! Não, não tem.

Aos quase 36 aprendi a ser, eu.

Portanto, sigam as palavras sábias de gurua Mafê  (menos, menos, desce já), fica a sugestão, sejam só verdadeiros, #prontofalei! 

Obs.: Em bom português, cêis tão fu$%&&%$dido quando eu fizer 40 anos…