Mulher Consciente – Outubro Rosa

Acredito que disseminação de informação nunca é demais.

Portanto este post é para apoiar a iniciativa da FEMANA, pelo Projeto Mulher Consciente.

Rapidamente, é um Projeto que visa o apoio e esclarecimento de todas as mulheres em relação à saúde da mama.

No site do Projeto vc tem tudo explicadinho, informações , dicas, cuidados, enfim tudo o que uma mulher deve e precisa saber sobre o assunto.

Soube de tudo isto via Blog da Kakah, o Meu Veneno, onde ela também passou algumas informações importantes.

Portanto eu apoio:


Além do apoio, vivi por duas vezes este problema.

Uma querida tia que teve cancêr de mama, há 20 anos atrás, naquela época a informação e prevenção eram bem aquém do que é hoje, ela lutou muito mas não conseguiu se curar pois, pelo talvez atraso na identificação do problema, houve a metástase, ou seja se espalhou para outros órgãos dificultando cada vez mais as chances de cura. Ela tinha ná época 36 anos, minha idade hoje. Ela morou um tempo conosco para que minha mãe , sua melhor amiga, cuidasse dela por um tempo, portanto na tranquilidade dos meus 15 anos, pude avaliar e vivenciar o problema.

Outra situação foi com a minha avó, nesta eu já, adulta e mãe, vivi mais intensamente pois frequentei durante um bom tempo os ambientes de radioterapia e quimioterapia, acompanhei muito de perto.

A descoberta aconteceu faz uns 7 anos, ela tinha na época 83 anos eu acho, um nódulo próximo ao seio, que inicialmente seria apenas um cisto, uma coisa benigna. Infelizmente não, detectou-se o “bicho”, como ela mesmo falava.

A D. Nóca, enfrentou tudo da forma mais fantástica possível, com a maior força e humor, sim, humor, fez a cirurgia para retirada de um quarto da mama, ela optou por apenas uma parte do seio, pois como não poderia fazer prótese pela idade, a vaidade falou mais alto, dizia que não queria ficar “despeitada”!

Convivemos durante todos estes anos com a doença e ela, graças a Deus, passou por tudo MUITO bem, mas infelizmente este mal devia estar nela há mais tempo e mais de 5 anos depois resolveu aparecer em um outro órgão, daí não havia mais nada a fazer, era um órgão vital e aos quase 89 não tinha mais muitas opções de tratamento.

Foi um mês de preparação para a sua partida. E se foi, na sua cama, no seu quarto, na sua casa, com a minha mãe de mãos dadas. Serena, com missão cumprida.

Esta era a “Voinha”, com seu cabelinho azulzinho, muito fofa,  com uma bisneta, (ela curtiu 5 bisnetas e 1 bisneto):

 

O que isto tudo significa? Nos dois casos, o diagnóstico atrasado causa maiores problemas e muita dor, em todos os sentidos e em todos que estão próximos, portanto façam o auto-exame, a mamografia, o ultrasom de mama e consultem sempre um médico para orientações. Isto é o que eu faço, REGULARMENTE pois, no meu caso principalmente, existe até uma pré-disposição para a doença.

Façam e repassem a informação para aquelas que estão a sua volta, não custa nada!

E um ALERTA, esta campanha também é direcionada aos HOMENS, cutuque sua esposa, namorada, irmã, mãe, dá uma força, diga que é iportante, apoie vc também!

Pra finalizar, sei que rosinha é coisa de mulher, menina e tals, mas eu gosto é de verde!

#prontofalei