Campus Party 2009 – Eu fui…

Posso dizer que fui lá, vi algumas coisas, poucas, mas tinha muito mais pra ver? Sei lá…

Fiquei contente por ter feito meu painel, por ter sido convidada para falar, o povo não sabia do perigo que é me deixar falar, ainda mais num microfone e em público. Acho que foi por isto que só haviam 3 mics para 7 pessoas, dificultava muito expressar o pensamento ou debater, mas foi bacana, vcs podem ver aqui.

O que eu achei daquilo tudo? Achei muito doido, muita gente disposta a passar perrengue pra ficar conectado por mais tempo com mais velocidade.

Tinha muito painel, palestra, show, as palestras e paineis eu senti que foram muito mal aproveitados, a falta de estrutura prejudicou, fato, mas  tinha tanta gente lá e nem todo mundo se importava com o que foi oferecido,  na verdade, pouca gente foi lá pra assistir as palestras e paineis. 

Me dava a maior aflição ver aquele povo jogado lá, colados na frente dos computadores, achei meio paranóico, meio febril… Fiquei sem entender qual a função do evento se todos que estavam lá não estavam trocando experiências via vida real, continuavam todos, ou a maioria, em suas vidas virtuais. Estranho e como já disse aflitivo.

Senti vontade de tirar o cabo de força da tomada, deixar tudo desconectado por um tempo pra ver se haveria histeria geral ou se talvez se iniciasse, após o pânico, a interação. Seria no mínimo interessante. Senti vontade  também de dizer, “Pessoas, levantem e conversem, troquem experiências, se exponham!” 

Posso estar completamente errada, eu AMO internet, AMO ficar conectada, mas eu gosto muito de estar com pessoas, eu fico conectada o dia todo, me divirto, trabalho e ganho dinheiro com o mundo digital e online, mas achei tudo TOO MUCH!

É coisa de geração? Pode ser, mas ao longo dos anos se o mundo ficar mais e mais tecnológico e as gerações e suas relações se tornarem  mais e mais virtuais, espero já ter morrido, credo….

Será que chegaremos numa fase “nave  espacial do Wall-E ?” Onde os gorduchos nem mais caminhem, tudo funcione via central de computadores e no final da história encontrem uma mudinha de manjericão e recomecem o mundo na terra? Se sim, por favor me avisem que eu reencarnarei nesta fase, ok!

#prontofalei