Arrumando gavetas

Não posso reclamar deste meu ano, foi mais do que excelente, foi redondo, produtivo, feliz, sem contratempos, nada fora do penico!

3.9 aqui vou eu , semana que vem é meu aniver e inferno astral foi coisa que não aconteceu neste mês antecendente, BATENAMADEIRAMANGALO3VEZES, este restinho vai continuar igual!

Eu tenho escrito pouco mas tenho produzido muito. Meus textos mentais estão acumulados e estou tentando organizar as prioridades e minha rotina que anda um pouco acomodada.

Todo mundo deve ter que fazer isto de vez em quando né, como arrumar gavetas e armários, colocamos dentro deles tudo que precisamos (ou não) guardar e de tempos em tempos a gente tira tudo e organiza.
Minha rotina está tipo assim, fui enfiando afazeres, pensamentos, atitudes, vícios e outros hábitos bons e outros ruins.

 

E não é assim tão fácil, demanda um certo sacrifício, a gente precisa espantar a preguiça e o comodismo, este último é o mais pentelho, pqp como a gente se acomoda! A zona de conforto é ótima mas temos que saber avaliar o limite do conforto. Por pior que pareça conforto pode ser prejudicial, sempre temos que abrir a gaveta até porque uma hora ela trava e não abre mais, tem coisa pior do que tentar abrir e alguma coisa segurar a gaveta?

Quando isto acontece a gente fica com raiva e quer forçar, puxar ou empurrar com toda força mesmo que estrague o que está lá dentro segurando, tipo cabo de guerra!Dá um ódio!

Mas aí vem alguém e mostra que apenas com um jeitinho  vc vai ali e acerta o que está dentro e abre. Abriu, favor perceber também que a gaveta tá cheia e precisa de arrumação.

Eu faço assim, tiro a gaveta, coloco no chão e vou separando tudo fora da gaveta, excluo o que está sobrando e arrumo ela direitinho deixando só o que vale guardar e de um jeito fácil de conseguir pegar até aquele envelope ali do fundo.

Com minha rotina igual, tiro tudo de mim, recoloco só o que precisa e o que é útil.

Bora deixar organizado pra começar a nova primavera!

#prontofalei